Novo Site: hosunconsultoria.com.br

Acesse agora o novo site da Hosun do Brasil: hosunconsultoria.com.br para receber as mais novas dicas e informações sobre importação com segurança da China.

Anúncios

Mapa das regiões industriais da China

Mapa das regiões industriais da China

The Beijing Axis publicou recentemente um post recentemente sobre as zonas de desenvolvimento industrial e tecnológico, seu crescimento ao longo dos anos, e seu impacto na economia chinesa, e também um mapa descrevendo o focus de produção de cada uma das macro-regiões do país. É bem interessante notar o contraste entre o número de zonas de desenvolvimento em 1995 e em 2010.

 

Evite problemas importando da China: Dicas para se comunicar melhor com seu fabricante

Este post sobre como melhorar o diálogo entre importador e fábrica é uma continuação do post anterior sobre comunicação com seu fornecedor na China.

A melhor forma de evitar problemas de comunicação seria mandar todas as especificações, requisitos do produto e termos do pedido em mandarim, a fim de evitar problemas na interpretação das informações. Mas na falta desta opção, existem algumas soluções para melhorar o processo de comunicação em inglês entre importadores brasileiros e os seus fabricantes na China. (mais…)

Calendário de feriados na China em 2014

O blog China Real Time (via China Law Blog) recentemente publicou um calendário de todos os feriados oficiais na China em 2014.

As datas em vermelho são os feriados, enquanto as datas em azul são datas onde as empresas estão trabalhando para compensar os feriados (geralmente cai nos domingos seguintes).

Ótimo para você usar para planejar sua viagem para a China.

feriado, China, calendário

Calendário de feriados da China em 2014 (vermelho: datas que são feriados; azul: datas em que as empresas trabalham para compensar os feriados)

Está considerando visitar a Canton Fair ou a China em 2014? Contate a Hosun Consultoria e saiba mais sobre nossos serviços de consultoria e acompanhamento para feiras e viagens para a China. Mande um email para: hosunbr@gmail.com

 

Evite problemas importando da China: a importância da comunicação clara com o fabricante

Quando se está importando produtos manufaturados da China, é muito importante resolver qualquer problema enquanto seu pedido ainda está na fábrica. Se for para resolver no Brasil, você já perdeu dinheiro, pois você já pagou todos os impostos e despesas, a carga está ocupando espaço no seu depósito, seus clientes não vão receber os produtos, e muitas vezes não vai valer a pena devolver a mercadoria para o fabricante. Por isso, um modo mais práticos para evitar problemas é ser bem claro nas especificações dos seus produtos durante a confirmação do pedido, para evitar problemas posteriores na produção, ou pelo menos para ter argumentos para negociar com a fábrica. Entretanto, se comunicar com o chinês pode ser um processo difícil, mas que possui muitos benefícios.

É vital manter um bom contato com seus fabricantes chineses, com troca de mensagens frequentes e contínuo. Entretanto, muitas vezes não é uma tarefa fácil. Muitos importadores brasileiros se comunicam em inglês com seus fabricantes chineses, mas isso pode gerar problemas, pois ambos estão se comunicando em línguas estrangeiras e por isso podem ocorrer mais mal entendidos ou perder algum detalhe importante durante a conversa com a fábrica.

Outro agravante, por Jacob Yount, é um traço da cultura da China, na qual as pessoas sempre querem evitar passar vergonha. Para não deixar que os seus clientes pensem que o seu contato não sabe de nada, eles vão evitar fazer muitas perguntas para eles. Por exemplo, digamos que o seu contato na China não entendeu a sua mensagem ou a sua especificação do produto. Ao invés de pedir para você esclarecer, como ele não quer passar a ideia de que ele não sabe inglês o suficiente, ele vai apenas “supor”/”chutar” a especificação que você precisa (seja a cor do produto, espessura, etc).

(mais…)

Datas da Canton Fair 2014 (Feira de Cantão) – Edição de Abril

A Canton Fair (ou Feira de Cantão) vai começar sua edição 115 agora em Abril de 2014.

Cada edição é dividida em três fases diferentes, com expositores diferentes e que geralmente duram cinco dias. Cada fase possui diferentes itens em exposição, desde eletrônicos até itens médicos e maquinário pesado, bem como itens de consumo.

É uma ótima oportunidade para empresas brasileiras conhecerem vários fornecedores da China de forma rápida e confortável, de indústrias diversas, sendo bem fácil conseguir amostras e catálogos sem muito demora e serve como um ponto de partida para iniciar potenciais negociações com as fábricas.

Nota: além de muitas fábricas, existem também vários intermediários (tradings) que também expõe na feira.

Abaixo, as informações para a próxima CantonFair que começa em Abril:

Fase 1:15—19 de Abril
Fase 2:23—27 de Abril
Fase 3: 1 -5 de Maio

Fase 1: Eletrônicos e equipamentos domésticos, Instrumentos, Máquinas, Veículos e suas peças, Materiais da construção, Iluminação, Produtos industriais e químicos.

Fase 2: Bens diários de consumo, Presentes, Artigos de decoração

Fase 3: Têxteis e vestuário, Sapatos, Escritório, Malas, Materiais esportivos/lazer, Produtos médicos, Alimentação.

Fonte: http://www.cantonfair.org.cn/portuguese

Mais informações sobre a Canton Fair:

Se preparando para a visitar a Canton Fair

Custos estimados de uma viagem para a Canton Fair

Perguntas a se fazer ao fornecedor durante a feira

Está considerando visitar a Canton Fair ou a China em 2014? Contate a Hosun Consultoria e saiba mais sobre nossos serviços de consultoria e acompanhamento para  feiras e viagens para a China. Mande um email para: hosunbr@gmail.com

Como saber se uma fábrica na China é confiável ou não 2 – Mais Indicadores de empresas falsas e fraudes na China

Um dos problemas mais frequentes ao procurar fornecedores na China é saber se a empresa encontrada é uma empresa verdadeira ou se é uma empresa falsa. Um website bonito, ser um “gold supplier” no Alibaba, ter um vendedor que sabe falar inglês: estes não são bons indicadores para julgar a veracidade de uma empresa na China. Basta entrar nos fóruns da própria Alibaba para ver quantos importadores no mundo todo perderam dinheiro com fraudes na China. Por isso, a Asia Quality Focus team (AQF) listou algumas ações para identificar empresas falsas, para sempre tomar cuidado ao fazer negócios com  novas fábricas/empresas que você não conheceu em feiras ou congressos, apenas procurando na internet.

Alibaba scammed

Post de um usuário do fórum do Alibaba, informando sobre uma fraude e como ele perdeu dinheiro.

Devo mencionar que existe uma diferença entre uma empresa falsa e um fornecedor ruim. Uma empresa falsa desaparece e não responde mais nenhum contato depois que recebe algum dinheiro do cliente, seja para amostra ou como depósito do pedido. Um fornecedor ruim, após definição do pedido, recebe seu dinheiro e fabrica e embarca seu produto com algum tipo de defeito ou fora das suas especificações. Para se precaver contra fornecedores ruins, deve-se sempre fazer a inspeção da carga antes do embarque na China.

A lista preparada pela AQF é bem parecida com os outros indicadores já mencionados no blog da Hosun, entretanto eles adicionaram alguns itens importantes, dignos de nota. Segue a lista criada pelo site, com alguns comentários e adaptações para o mercado brasileiro.

(mais…)

Fotos: a fumaça tóxica na China

Fotos: a fumaça tóxica na China

2013 foi o ano da fumaça tóxica na China. Cidades como Shanghai e Beijing sofreram com o problema da neblina de poluição, que afeta a saúde de seus cidadãos e a operação de escolas e aeroportos. Apesar de não ser um problema recente, a questão da fumaça tóxica chegou ao seu auge este ano, quando em Outubro,Harbin, uma das maiores cidades na região norte da China, fechou por causa da qualidade do ar tóxica, e em Novembro quando surgiu o caso da menina de 8 anos que desenvolveu um câncer de pulmão supostamente por causa da poluição.

 

 

Vale a pena importar da China? O Trabalho e os custos de uma inspeção de carga na China

Existe um estigma sobre os produtos que vem da China – de que eles são todos produtos baratos de baixa qualidade.  Entretanto, elas esquecem que os seus Iphones são todos fabricados por chineses. A China é a maior fonte de produtos manufaturados do mundo, desde produtos altamente tecnológicos (smartphones, reatores, aviões, etc) até os produtos mais básicos (arames, tecidos, etc). Existem fábricas top de linha, que produzem os produtos das maiores marcas dos mundo (marcas de luxo como Gucci, Prada, etc), e também as fábricas mais rústicas e rudimentares, que produzem os produtos baratos da lojas de R$1.99, que dão a fama para os produtos chineses – por isso, para se precaver e garantir o recebimento de produtos com qualidade, a realização de inspeção na qualidade da carga pré embarque (antes dela sair da China) é uma das formas mais eficientes para evitar problemas na importação da China.

Em qualquer lugar do mundo, se você quer um produto mais barato do mercado, vai haver algum tipo de trade-off, seja na qualidade do produto, no prazo de entrega, ou no serviço prestado pelo fornecedor. Na China, é a mesma coisa: você vai receber o produto pelo preço que foi pago. Caso você pressione a fábrica para descontos, eles podem até concordar, mas saiba que eles vão tirar este desconto de alguma forma durante a produção, seja utilizando materiais mais baratos e/ou cortando gastos com funções não essenciais como controle de qualidade. Por isso é essencial que importadores estejam sempre alertas sobre a qualidade dos seus produtos e identificar qualquer problema durante uma inspeção de qualidade, antes dele sair da China, enquanto ainda há tempo para consertos e o importador ainda tem alavancagem para negociar com a fábrica.

made in china, serviço

A China oferece 3 tipos de serviço: Bom, Barato e Rápido – mas você só pode escolher apenas dois de cada vez. Fonte: Quality Control Blog

(mais…)

Datas do Ano Novo Chinês 2014 – 30 de Janeiro a 5 de Fevereiro

ano novo china

Vermelho é a cor da prosperidade na cultura chinesa.

As fábricas na China normalmente trabalham todos os dias da semana, sendo que a maioria dos seus trabalhadores tem apenas 2 dias de folga por mês, enquanto os que fazem trabalho de escritório (vendedores principalmente) trabalham nos sábados e às vezes domingo (meio período).

Entretanto existem os feriados públicos na China onde tudo para por 10 a 15 dias,  como o Dia da fundação da República Popular da China em Outubro e o Ano Novo do calendário lunar que em 2014 começa no dia 30 de Janeiro e vai oficialmente até 5 Fevereiro. O calendário completo dos feriados na China pode ser encontrado aqui.

Durante estes feriados, os trabalhadores das áreas indústrias mais desenvolvidas (que estão em sua maioria ficam nas regiões costeiras da China) voltam para suas terras natais, normalmente no interior na China, para passar o feriado junto com suas famílias estendidas (muitos trabalhadores deixam a família para trás, no interior, para trabalhar na costa chinesa, onde ficam as maiores cidades como Beijing, Shanghai, Cantão, etc).

ano novo china 2014

Chineses embarcando em uma estação de trem durante o Ano Novo do calendário lunar

Como a distância é muito grande para maioria destes trabalhadores (muitos viajam milhares de quilômetros para voltar para suas casas), passagens de trem, avião e ônibus esgotam muito rapidamente nesta época e muitas empresas entram em recesso 1 a 2 semanas antes do feriado. Trata-se do maior movimento migratório de pessoas do mundo, com quase 500 milhões de pessoas, e que acontece anualmente.

Durante o Ano Novo Lunar de 2013 houveram 240 milhões de viagens de trem durante o período, 42.5 milhões de viagens de barco e 38 milhões viagens de avião, de acordo com informações oficiais da China. Em 2014, o governo prevê 3.62 bilhões de viagens a serem feitas durante o feriado.

O período após o feriado é um dos mais complicados para as fábricas, pois os vários pedidos que acumularam de Janeiro e Fevereiro devem ser finalizados e entregues o mais rápido possível. Além disso, muitas fábricas tem que lidar com problemas de falta de mão de obra, pois uma grande parcela dos trabalhadores não voltam para seus postos de trabalho e decidem ficar em suas cidades de origem, perto de suas famílias. Consequentemente, muitos novos pedidos nesta época possuem prazos de entrega mais longos e são mais suscetíveis a atrasos.

Portanto, se você planeja visitar ou fechar um pedido na China, é aconselhável deixar para fazê-los nos meses seguintes ao feriado (Março/Abril).

Está considerando visitar a China em 2014? Contate a Hosun Consultoria e saiba mais sobre nossos serviços de consultoria e acompanhamento para  feiras e viagens para a China. Email de contato: hosunbr@gmail.com